Páginas

quarta-feira, 4 de janeiro de 2012

BABITONGA, CARIOCA E PÃO DE AÇÚCAR



Foto ramosforest(c): Vista do Corcovado, no Rio de Janeiro

BABITONGA, CARIOCA E PÃO DE AÇÚCAR

Para começar bem o ano de 2012.
Este meu texto foi publicado no extinto Globoonliners, em 2007.

_________________________________________________________

In Brazilian Southern Atlantic coast, in Babitonga Bay, São Francisco do Sul City preserves colonial buildings and places named as buildings and places of Rio de Janeiro City. They are Sugar Loaf Mountain and Colonial Fontains named Cariocas.

___________________________________________________________________
Uma simpática ave marinha, vinda do sul do Brasil, pousou em meu Blog e despertou minha curiosidade por um pedaço lindo da costa brasileira: A Baía de Babitonga.(*)

Localizada no estado de Santa Catarina, a Ilha de São Francisco do Sul, com a Baía da Babitonga no lado ocidental e com o Oceano Atlântico no lado oriental, oferece 13 opções de praia. A Baía de Babitonga situa-se na foz do Rio Palmital e nela se encontram duas importantes cidades: Joinville e a ilha de São Francisco do Sul. Com 14 ilhas, a baía localizada entre as cidades de São Francisco do Sul e Joinville tem mar sempre calmo.

São Francisco do Sul é a terceira cidade mais antiga do Brasil e completou 500 anos em 2004. Em 1504, uma expedição financiada por comerciantes franceses da Normandia, comandada por Binot Paulmier de Gonneville, desceu o Atlântico pelo litoral africano, mas perdeu a rota e acabou aportando em "terras desconhecidas”.

Morro do Pão de Açúcar

O Morro do Pão de Açúcar, próximo ao centro da cidade, com 150 metros de altitude, é o ponto mais alto da cidade. No topo, além de uma bela cruz de concreto armado, tem-se uma vista panorâmica de toda a baía da Babitonga e da Ilha de São Francisco do Sul. De lá, avista-se também a entrada para o Porto de Paranaguá, no Paraná.

Cariocas

As bicas d'água existentes no centro da cidade são lembranças do período colonial. Segundo informações, as fontes d’água eram chamadas pelos indígenas de “carioca”. Das cinco fontes originais, restaram três, que ainda fornecem água fresca e potável para os passantes. A fonte da rua Benjamin Constant é ornada com azulejos portugueses e foi restaurada em 1884; a da rua Marcílio Dias é em estilo colonial e foi recuperada há pouco tempo; a da rua Coronel Oliveira está com a construção original intacta.

Preservação

Pelo que li, deduzi que há problemas ambientais ligados à poluição da Baia de Babitonga. Até nisto, além de nomes de locais e pontos geográficos parece haver alguma correlação com a Baia da Guanabara, no estado do Rio de Janeiro.

Este Brasil é lindo e tem muitas histórias.

(*) Os dados são do site da Cidade de São Francisco do Sul.

Luiz Ramos(c) 2007

Foto: Ramosforest(c)

2 comentários:

Luma Rosa disse...

Uma pena o Globoonliners ser extinto! Até me sinto meio pé frio, pois cheguei e ele fechou. Mas o bom de tudo, o saldo foi mesmo te conhecer e justo você que me apresentou aquele espaço.
Luiz, faz tempo que estou para lhe falar e sem querer ser pedante... você tem tantas fotos lindas... porque não coloca uma delas como pano de fundo do seu blogue? Dou maior apoio (rs*) Se não souber como fazer, te ajudo!
Ainda não conheço a Baía de Babitonga, mas pelas fotos sinto bem simpática. Dá vontade de sentar por ali e ficar olhando o doce balanço dos barcos e o colorido dos casarios.
Boa semana! Beijus,

outlook fly disse...

Microsoft Outlook 2010 lets you drag and color-code tasks and e-mails on its calendar; allows image editing within messages ,Outlook uses Microsoft Office Standard 2010 Word HTML for rendering, expensive tech support.

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin